Imagem capa - 05 Dicas para Planejar sua Vida Familiar e Não sofrer Impacto Durante uma Crise por Fábio DiSouza
Família

05 Dicas para Planejar sua Vida Familiar e Não sofrer Impacto Durante uma Crise

O percentual de famílias brasileiras endividadas alcançou 63,4%. Trata-se do maior percentual desde setembro de 2015 (63,5%) de acordo com um levantamento divulgado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) no fim do 1º semestre de 2019.


Diante da crise gerada pelo COVID-19 que afetou a saúde e a economia das pessoas, algumas ações poderiam ter salvado muitas famílias economicamente.


Por isso, eu quero deixar dicas valiosas de como planejar a sua vida familiar e não sofrer impacto financeiro durante alguma crise como a que vivemos. 


Se você quer ter uma vida financeira mais confortável, leia até o final que eu tenho um presente para você que irá te ajudar a dar um grande passo nas suas finanças.




Sem mais, vamos as dicas valiosas começando por:


Dica 1 - Saiba para onde o seu dinheiro está indo!


Chegou a hora de você entender que não é mais um adolescente e tem uma grande responsabilidade com sua família, seja você Pai ou Mãe.


Você precisa começar a rastrear os seus gastos, e uma maneira simples de você fazer isto é lançando seus gastos em uma planilha no computador ou no papel mesmo.  Mas não se preocupe, eu vou lhe ajudar com isso.



Dica 2 - Identifique seus gastos críticos.



Você precisa ter paciência, pois para identificar seus gastos críticos é necessário ter pelo menos 30 dias ou mais meses para ter maior precisão.


Gastos críticos são gastos que compromete grande parte da sua renda e que pode ou não ser cortado ou reduzido. O maior vilão das nossas finanças é o cartão de crédito. 



Dica 3 - Faça um planejamento financeiro para os próximos meses e ano.





Primeiro eu quero falar para você que o primeiro bloqueio de quem não quer mudar a vida financeira é dizer que só consegue fazer isso quem é rico. 


Tudo é proporcional. O que irá mudar é o tempo para alcançar o objetivo. O objetivo aqui é como fazer uma reserva de emergência.


A reserva de emergência corresponde a todos os gastos que você tem em um mês. Ou seja, quanto mais reserva de emergência você tiver, mas meses você conseguirá se sustentar em uma crise.


Com os dados de no mínimo 3 meses plotados na planilha, falei que irei te ajudar nisso, você agora irá fazer uma média de cada gasto separadamente, por exemplo: luz, água, condomínio e colocar essa média em todos os meses seguintes .


Pronto! Agora você realmente terá uma visão prévia de como estará sua vida financeira nos próximos meses ou no próximo ano.


Feito isso vamos para a próxima dica


Dica 4 - Corte gastos desnecessários




Sabe aquela assinatura de canal de filmes que você nem assiste, ou a assinatura de stream de música e filmes que compartilha com toda a família ou ainda aquelas compras parceladas desnecessárias no cartão de crédito?


Comece fazendo uma análise se é possível reduzir esses custos e se realmente não tem tanta importância para você. Não estou dizendo para você sair cortando tudo, mas sim de cortar algo que não tem tanta importância no seu dia-dia e que pode impactar no seu gasto anual.


Lembre que estamos falando de imprevistos futuros, mas que pode ser aquela viagem que você tanto sonha fazer!



Dica 5 - Comece a investir seu dinheiro





Comece fazendo um fundo de emergência. Todo mês você irá colocar uma valor em sua conta de investimentos, mas calma aí? Onde? Como?


A poupança não é um bom investimento para ter bons resultados e também nesse caso não estamos falando de investimento de alto risco como ações na bolsa de valores. Mas sim de algo que irá lhe dar segurança sem perder dinheiro.


Comece seu fundo de emergência investindo no Tesouro Direto, que são títulos do governo. Você pode começar com investimento em Tesouro Direto + SELIC. Não quero entrar em detalhes sobre isso, pois não é nosso foco.


As corretoras de valores que recomendo são EASYNVEST, XP INVESTIMENTOS e RICCO. São corretoras muito seguras, sérias e tem taxas bem interessantes. No caso da Easynvest, na há cobrança de taxas para investimentos no Tesouro Direto 



Agora é só plantar para colher os bons frutos!


Como prometi um presente, vou deixar para vocês uma planilha de planejamento e controle financeiro que eu uso e vai te ajudar bastante. 



> Quero a Planilha de Controle e Planejamento Financeiro <



Depois me envia um comentário do que achou destas dicas!


"Para começar a investir, o importante não é ter o melhor plano, mas sim ter um plano e ser persistente em sua execução." 

(Gustavo Cerbasi)


Caso ocorra algum problema, envie-nos um e-mail para contato@fabiodisouza.com